Costelinha de Porco cozida no vácuo – Mingus

Seguimos com nossas avaliações da cidade de Recife, uma das capitais nordestinas que vem se desenvolvendo de forma notável. É a cidade com mais oportunidades de emprego nas áreas de Tecnologia da Informação do nordeste. Tem forte apelo cultural em diversas áreas como a música, a arte e criações. Isso pode ser notado pelo belo centro histórico da cidade que reúne museus, fortes, igrejas e um tradicional mercado. Os pernambucanos são pessoas muito simpáticas e dão muito valor à sua cultura. Sem falar no tradicional carnaval, que leva milhares de pessoas às ruas de Recife e Olinda, para dançar o tradicional Frevo.

E além de toda a cultura, como já falamos, Recife é a capital da associação da Boa Lembrança. Ficamos felizes em receber o convite para conhecer a sede da associação, mas já tínhamos retornado para Minas. Fica para uma próxima vez!

O restaurante que vamos avaliar hoje é o charmoso Mingus, que fica localizado bem próximo ao primeiro jardim da belíssima praia de Boa Viagem. Ele fica em uma casa bastante interessante por fora. Quando fomos, parecia que o estabelecimento estava fechado, pois nada indicava que ele estava em funcionamento. Chegamos para o almoço de Domingo e não tínhamos feito reserva. Isso não foi problema porque o restaurante não estava cheio.

Interior do restaurante Mingus

Interior do restaurante Mingus

Fomos muito bem recepcionados e levados até a mesa. O salão é pequeno e aconchegante, com cerca de 15 mesas. O ambiente é muito agradável e nos faz relembrar os tempos do Jazz, com o painel enorme com o retrato de grandes compositores como Charles Mingus, Chet Baker, Astor Piazzolla, Tom Jobim, entre outros. Como pode ser notado, o nome do restaurante é uma homenagem ao Charles Mingus.

No salão, existe um lindo piano de cauda que naquele momento não estava sendo usado. Tem uma adega muito interessante, parece um freezer de açougue. Gostei muito desse modelo de adega, combinou com o ambiente. O restaurante gosta de deixar claro aos seus clientes e funcionários a missão e os valores da empresa. Algo incomum, mas que agrada algumas pessoas.

O atendimento é nota mil e menu é escolhido num tablet. É inovador e muito funcional. O prato escolhido foi o Costelinha de Porco cozida no vácuo, claro, pois é o prato da boa lembrança. Isto o torna diferente de todos os restaurantes de Pernambuco, que não usam o porco e usam em sua maioria os frutos do mar como base principal do prato.

O inovador menu do Mingus, que está em um tablet

O inovador menu do Mingus, que está em um tablet

Eu, como uma boa mineira, adoro costelinha de porco. Me senti no paraíso depois de sete dias comendo pescados. O prato traz ripas de costelinhas cozidas com molho barbecue e nhoque de madioquinha (também chamada de batata salsa). Uma verdadeira delicia este nhoque. Extremamente suave! E as costelinhas são muito macias.

Costelinha de Porco cozida no vácuo  - Mingus

Costelinha de Porco cozida no vácuo – Mingus

Confesso que fiquei com vontade de pegar os ossinhos com a mão e comer como um “ogro” (vamos ser francos, costelinhas são feitas para se comer com as mãos!). Mas, é claro, o requinte do restaurante não deixa os clientes se sentirem tão à vontade e eu deixei o impulso selvagem passar. Mesmo assim, foi muito bom conhecer esse maravilhoso ambiente que faz uma mistura de música e gastronomia muito bem feitas.

Parabéns ao responsável, Nicolau Sultanum, e aos chefes Roberto Manuel e Luis Rogério Costa pelo excelente trabalho realizado no restaurante Mingus. Com certeza voltaremos em outra ocasião!


Warning: file_get_contents(https://graph.facebook.com/comments/?ids=http://www.pratodaboalembranca.com/costelinha-de-porco-cozida-no-vacuo-mingus/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 400 Bad Request in /var/www/html/wp-content/plugins/facebook-like-and-comment/comments.php on line 17

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/wp-content/plugins/facebook-like-and-comment/comments.php on line 19

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wp-content/fb-comment-cache/wp_299): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wp-content/plugins/facebook-like-and-comment/comments.php on line 34